Comofuncionaumatransportadora?

Você já deve ter recorrido aos serviços de uma transportadora em algum momento, mas será que sabe como ela funciona? Veja, nesse post, quais são os processos realizados pela empresa de transportes e quem são os profissionais encarregados por cuidar dos seus produtos.

Como funciona uma transportadora?

 

Todas as pessoas já dependeram ou precisaram contratar os serviços de uma transportadora em algum momento. Seja recebendo as mercadorias, solicitando os pedidos ou até mesmo orçando o valor de um frete, as empresas de transporte fazem parte da rotina de milhões de companhias e tantos outros clientes.

E embora seja comum nos depararmos com os seus serviços, muitas pessoas ainda não sabem como as transportadoras funcionam nem quais são os profissionais responsáveis por atender a demanda do mercado há tanto tempo. Quer saber como funciona uma empresa de transportes e como ela desempenha cada um dos seus processos?

Veja, neste post, como é realizada as atividades da transportadora, o que a gestão da manutenção e a logística contribuem para o seu funcionamento e qual é o papel de cada colaborador!

 

Transportadora: quais são os processos?

Gestão da Manutenção

Garantir a qualidade e o funcionamento dos equipamentos, veículos, máquinas e instalações é muito importante. Esse cuidado impede que as transportadoras tenham que arcar com paradas obrigatórias, atrasos nas entregas, aumento dos gastos ou também desperdiçar recursos em procedimentos de manutenção ineficientes.

Já pensou nos prejuízos que uma pequena falha pode acarretar caso não seja assegurado a segurança das esteiras ou dos caminhões? O resultado pode afetar a reputação da empresa inteira.

Por isso questões como o atraso nas entregas, o extravio de produtos e até mesmo a apresentação das mercadorias são coisas que precisam ser evitadas. A Gestão da Manutenção não só garante um bom funcionamento dos processos da empresa como beneficia diretamente os clientes que esperam receber os pedidos em condições adequadas.

Esse é um processo necessário, e as transportadoras podem optar pela modalidade que mais se encaixa no seu perfil. Existem 3 tipos de manutenção, sendo elas:

  • Manutenção preventiva: utilizada por empresas para reduzir a probabilidade de falhas dos equipamentos, veículos, máquinas, e afins;
  • Manutenção preditiva: útil para que os profissionais da gestão saibam quais as condições reais de cada ativo;
  • Manutenção corretiva: adquirida para realizar a substituição das peças e componentes que se desgastaram com o tempo ou apresentaram falhas.  

 

Logística das cargas

A logística das cargas consiste em agrupar todos os pedidos em um mesmo transporte com base na localização. A transportadora verifica os clientes que estão próximos a rota, e organiza todos os produtos para que os mesmos sejam entregues em uma mesma região.

Essa gestão sobre as mercadorias não só permite à empresa otimizar o tempo, mas ajuda também para que os coordenadores saibam selecionar as rotas mais rápidas.

 

Planejamento das rotas

O planejamento das rotas é um processo útil para controlar boa parte dos gastos de uma transportadora. Nele é realizado o cálculo das despesas com combustível, o tempo de percurso até as entregas, as restrições de cada cliente e também as possíveis paradas durante todo o trajeto.

Ter esse controle sobre as rotas permite que a equipe da transportadora consiga elaborar um roteiro mais econômico, reduzindo assim o tempo de transporte e o preço para os seus clientes.  

 

Monitoramento das entregas

A transportadora quer assegurar aos clientes que suas mercadorias chegarão em perfeitas condições. E por isso faz questão de investir em equipamentos que os ajudem a monitorar as entregas de forma prática. Ela recorre à tecnologia para manter a credibilidade dos serviços, identificar problemas durante o trajeto e também para garantir que os destinatários possam acompanhar seus produtos em tempo real.

Hoje, já existem empresas de transporte que disponibilizam seus próprios aplicativos. Por meio desses dispositivos os clientes conseguem acompanhar o status dos pedidos, solicitar orçamentos e muito mais.

Precisa de uma transportadora, mas não sabe qual é o tipo ideal de transporte para a sua empresa? Clique aqui e descubra!

 

Cobrança de frete

A cobrança de frete é o que vai assegurar o funcionamento da transportadora, certo? Por isso oferecer um preço justo na hora de vender os serviços por exemplo, pode ser um diferencial competitivo para que a empresa consiga garantir o sucesso e a permanência no mercado.

O cálculo do frete é realizado pela transportadora e a cotação deve englobar a distância do trajeto, o peso dos produtos, a localidade do destinatário, os riscos do percurso, os dados do cliente e também o valor da mercadoria.

 

Gerenciamento de risco

Esse procedimento contribui para que a empresa minimize as chances de perdas, roubos, extravios, entre outros danos. A transportadora analisa as possíveis eventualidades e com base nisso formula estratégias para prevenção de acidentes, falhas nos transportes, incêndios ou demais tipos de sinistros.

O gerenciamento de risco é uma etapa necessária e muito importante. Isso porque garante a segurança das mercadorias como também a vida de seus transportadores.

 

Como funciona uma transportadora?

Quais são os profissionais que trabalham em uma transportadora?

Antes mesmo de uma mercadoria ser entregue, sempre vai existir o trabalho e a dedicação de muitos profissionais. Dentro das transportadoras, todos os colaboradores são importantes, e estes desempenham um papel necessário para o sucesso e a agilidade dos serviços. São eles:

  • Supervisores, Gerentes e Coordenadores: são as pessoas encarregadas por controlar e monitorar todos os processos, desde a solicitação dos pedidos até a entrega das mercadorias;
  • Assistentes: é quem realiza as atividades operacionais da empresa. Esses profissionais normalmente são responsáveis por realizar a emissão das notas fiscais, emitir ordens de serviço, conservar o contato com os clientes e fornecedores, concluir os cálculo dos fretes, entre outros;
  • Auxiliares: são os profissionais responsáveis por separar, organizar e carregar as mercadorias até o caminhão;
  • Analistas: são as pessoas encarregadas em fazer a análise dos procedimentos. Também são aqueles que ajudam os profissionais da gestão a formularem estratégias mais assertivas, isso para que consigam realizar fretes mais rápidos e econômicos;
  • Motoristas: é o profissional responsável por encaminhar os produtos até o endereço do cliente;
  • Conferente: é a pessoa encarregada em fazer a conferência das cargas.

 

Então, o que achou do tema? Conseguiu aprender um pouco mais sobre como funciona uma transportadora e como ela realiza cada um dos seus processos? O que você achou das responsabilidades de cada profissional? Todos são importantes, não é?  

Caso queira ter acesso a outros conteúdos e aprender mais sobre como é realizado os serviços de uma transportadora, continue então lendo o nosso blog.  Se ainda assim tiver dúvidas,você pode entrar em contato direto com um de nossos especialistas para saber mais!

Últimas Postagens

Todas as postagens

Interessado?

Vamos conversar. Envie sua mensagem!
Responderemos o quanto antes.